terça-feira, 16 de setembro de 2014

Baile de Casais com Leopoldo e sua orquestra em prol da casa de apoio de jaú


II Noite Sertaneja - Lions Clube


Bazar beneficente - Lar Batista de crianças


Prefeitura busca incentivar novas rendas para agronegócio familiar no município.


Com intuito de incentivar novas rendas para o agronegócio familiar, a Prefeitura de Parapuã através do departamento municipal de agricultura, realizou no município orientações sobre a piscicultura, o evento foi realizado dia 04 de setembro e contou com cerca de 40 produtores.
Estiveram à frente da organização o Técnico Agrícola Luiz Claudio Lopes de Andrade e o Engenheiro Agrônomo Juliano de Paula. Ministrando as orientações estiveram Pedro responsável pela venda de lona gel que tem durabilidade no mínimo de 20 anos e Fernando Nagano proprietário da empresa Fish Fácil de Garça SP, a Fish Fácil incentiva a piscicultura, inclusive na orientação aos proprietários que se interessarem em se desenvolver nesse segmento, tendo a certeza de onde colocar o seu produto.
Sua empresa é pioneira nas atividades relacionadas à criação em escala comercial, levando aos criadores e agricultores, alevinos e peixes adultos criados com as mais novas técnicas de criação empregadas na atualidade, além das diversas espécies utilizadas em sistemas de cultivo para a produção comercial, esportiva e lazer. São mais de 15 anos de pesquisa. Através do Frigorífico Fish Fácil, Nagano coloca no prato dos apreciadores o resultado de seu trabalho. São filés de tilápia com sabor único, diferenciado, que abastecem restaurantes, petiscarias, açougues e supermercados de Garça e outras cidades do Estado. O frigorífico é pioneiro no processo de industrialização da tilápia na região tendo como principal fornecedor de matéria prima a Santa Ana Aquacultura.
No laboratório da propriedade, projetado por Fernando, são produzidos os alevinos fornecidos para criadores do eixo do médio Parapanema e Oeste Paulista. Nagano orgulha-se de estar entre os poucos do Estado que dominam a “melindrosa” técnica de reprodução induzida em laboratório. Isso garante à empresa comercializar praticamente todas as espécies durante todo o ano, não apresentando entressafra para as vendas.
— com Secretaria Municipal Meio Ambiente Parapuã.
Fonte: Assessoria de Imprensa

Proposta torna claro que qualquer pessoa pode ser treinador de futebol

Os conselhos regionais de educação física exigem o registro do treinador, mas a lei que regulamenta a profissão dá apenas prioridade aos diplomados. A exigência do diploma exclui vários ex-atletas.


A Câmara dos Deputados analisa o Projeto de Lei 7113/14, do deputado Arthur Oliveira Maia (SD-BA), que explicita que qualquer pessoa pode exercer a profissão de treinador ou monitor de futebol.
O deputado conta que os conselhos regionais de educação física têm exigido o registro dos treinadores profissionais de futebol junto às instituições, para que possam exercer a profissão. “Essa exigência tem causados grandes prejuízos a profissionais que, embora com grande experiência no esporte, não possuem diploma de curso superior de Educação Física, como é o caso dos ex-atletas”, disse Maia.
Decisões judiciais têm sido contrárias à restrição, porque a Lei 8.650/93, que regulamenta a profissão de treinador profissional de futebol, dá apenas prioridade aos diplomados em Educação Física, e às pessoas que à época tinham no mínimo seis meses de atuação na área.

Tramitação
A proposta foi apensada do PL 4907/01, que também trata da profissão, e está pronto para ser votado em Plenário.

Íntegra da proposta:


Reportagem - Marcello Larcher
Edição – Natalia Doederlein

Identificado acusado de raptar quatro crianças em Penápolis

  As quatro crianças que estavam desaparecidas desde a tarde da última sexta-feira foram localizadas, por volta das 11h deste domingo (14), em um matagal entre Penápolis e Barbosa.
As crianças estavam em poder de um homem, apontado como o responsável pelo rapto das vítimas.
Matheus Nelson José, 57 anos, fugiu ao perceber o cerco da polícia, mas foi preso na tarde deste domingo em uma mata fechada nas proximidades da rodovia Assis Chateaubriand (SP-425).
O helicóptero Águia, policiais civis, militares, ambientais e rodoviários participaram das buscas, que também contou com a ajuda do canil da PM de Rio Preto.
As crianças moram em uma olaria de Penápolis. Elas foram levadas pelo suspeito, que também estava morando no local havia cinco meses. Ele teria atraído as crianças para uma mata após ter oferecido chocolate e salgadinhos, na tarde de sexta-feira.
Desde então, a polícia procurava as crianças e o acusado, também conhecido pelo apelido de "Baiano".
Segundo a polícia, as crianças Carlito Tevez Ferreira dos Santos, de 9 anos, Beatriz Aparecida Ferreira dos Santos, de 10, Marcos Vinícius Gomes de Jesus, de 12 e Nathalia Karolina Gomes da Silva, 8, estão bem, sem ferimentos aparentes. As vítimas passaram cerca de 40 horas na mata, sob poder do sequestrador.
Fracas, com sede e fome, as crianças foram levadas por uma viatura da PM até o pronto socorro de Penápolis para atendimento médico. Após consulta médica, as vítimas seriam levadas para a delegacia de Penápolis e entregues para as famílias.

O suspeito foi preso pouco antes das 16h nas proximidades do bairro Lageado, sentido ao Colégio Agrícola, em uma área de mata e plantação de cana. Desde o início da tarde, a extensa área de terra estava cercada pela polícia.

CANIL DA PM

Cães farejadores, treinados para encontro de pessoas em mata, ajudaram a encurralar o acusado, que tentava se esconder em buracos e em meio ao matagal. Após ser preso, o homem foi levado para o pronto socorro de Penápolis.
Nelson José seria apresentado na delegacia, onde deverá ser autuado em flagrante por sequestro e cárcere privado. Após depoimento do acusado e das vítimas, a polícia vai saber o que ocorreu durante o sequestro e as intenções do acusado.

Fonte: Ata News 

Santo do dia 16 de setembro

São Cornélio

Cornélio nasceu em Roma. Foi eleito para o pontificado, depois de um período vago na cátedra de São Pedro, devido à violenta perseguição imposta pelo imperador Décio. O papa Cornélio foi eleito quase por unanimidade, menos por Novaciano, que esperava ser o sucessor, martirizado por aquele cruel tirano. Assim, Novaciano consagrou-se bispo e proclamou-se papa, isto é, antipapa. Nessa condição, criou-se o primeiro cisma da Igreja.

A Igreja debatia, internamente, para tentar uma solução definitiva quanto à conduta a ser adotada em relação a um dos seus maiores problemas da época, referente aos "lapsos", nome dado aos sacerdotes e fiéis que renegavam a fé e separavam-se da Igreja durante as perseguições que se impunham aos cristãos.

Segundo os partidários de Novaciano, Cornélio teria adotado um discurso e uma postura muito indulgente, boa e compreensiva para com os desertores da fé católica. Atitudes que lhe valeram grandes atribulações e incompreensões. Mas a toda essa oposição contou sempre com o apoio incondicional e fiel do bispo Cipriano de Cartago, Argélia, norte da África.

Entretanto o imperador Décio morreu em combate, sendo sucedido por Galo, que voltou com as perseguições. Assim, o papa Cornélio acabou preso e exilado para um lugar que hoje se chama Cività-Vecchia, em Roma.

No exílio, o papa Cornélio passou os últimos dias da sua vida. Onde encontrava um pouco de alegria era nas cartas que recebia do bispo Cipriano, seu admirador e amigo de fé, muito preocupado em mandar-lhe algumas palavras de consolo.

Morreu em junho de 253, sendo sentenciado ao martírio por ordem daquele imperador, por não aceitar prestar culto aos deuses pagãos. Foi sepultado no Cemitério de São Calixto. A festa litúrgica do santo papa Cornélio foi colocada, no calendário da Igreja, no dia 16 de setembro, junto com a de são Cipriano, que depois também foi martirizado pela fé em Cristo.  
Fonte: www.paulinas.org.br